xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og='http://opengraphprotocol.org/schema' CRIMESnoMOSTEIRO: Dezembro 2012

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Para comprar o eBook Policial de mais suspense

Compre direto

Indique o romance CRIMESnoMOSTEIRO e ganhe dinheiro


Clicando no link abaixo, você se transforma em um CURADOR LITERÁRIO (um apoiador de divulgador da literatura nacional) e ganha dinheiro com isso. Basta indicar esta obra para suas rede de amigos e nas redes sociais de que participa. 

A cada venda, sua comissão (em dinheiro vivo) é depositada na sua conta. Você pode sacar esse dinheiro ou usar para fazer comprar seguras em lojas virtuais. 

Clique no botão abaixo


Para se tornar um CURADOR LITERÁRIO, você só precisa se inscrever no programa de Afiliados da Hotmart. 


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Entrevista com o autor de "CRIMES no MOSTEIRO" sobre o Final dos Tempos


O último dia - Será que o mundo vai mesmo acabar?

Por Thereza Felipelli


Já dizia o cantor Paulinho Moska na música “O Último Dia”: “o que você faria se só te restasse um dia? Se o mundo fosse acabar, me diz o que você faria”. 
Há tempos que existe essa preocupação. São inúmeras as séries, filmes e músicas que já abordaram o tema. A maioria das pessoas acha um verdadeiro absurdo pensar que o mundo pode acabar no próximo dia 21 de dezembro, mas muitos andam se perguntando: “será?”
Para tranquilizar nossos leitores que também andam com uma “pulguinha atrás da orelha”, conversamos com um astrônomo, um astrólogo e até mesmo com um estudioso de semiótica (ciência que estuda todos os fenômenos culturais como se fossem sistemas de significação) e um especialista em engenharia dimensional, que nos contaram o que realmente deverá acontecer na próxima sexta-feira.

(...)

Dia sempre foi um marco
Segundo o ponto de vista semiótico, de acordo com o jornalista e escritor Tagil Oliveira Ramos – que acaba de lançar o livro “Crimes no Mosteiro”, um romance policial que mostra uma era de incertezas religiosas, ligadas a uma época de transição – não, o mundo não vai acabar. No romance, um papiro enigmático traz previsões a respeito do “Final dos Tempos” (e não do final do mundo, são coisas diferentes). De acordo com ele, algumas pessoas acreditam que o mundo irá acabar no dia 21 de dezembro porque esse dia sempre foi um marco. É o dia do solstício de verão (quando o hemisfério sul estará recebendo mais luz). É o final da Primavera. O começo do Verão. O dia mais longo do ano. Geralmente um dos mais quentes. 

“Além do calendário Maia, os povos pagãos tinham esta data para o começo das festas saturninas. A igreja católica escolheu 25 de dezembro para o Natal também por influência desta data, para não fincar a data de nascimento de Jesus exatamente no solstício de verão”, disse ele, que explicou que o tal solstício de verão acontece no hemisfério sul. Lá no Norte, corresponde ao solstício de inverno (eles têm a noite mais longa do ano). “Neste ano, o solstício de verão para nós que vivemos no hemisfério sul ocorre no dia 21 de dezembro às 11h11”, comenta ele, que conta ainda que no primeiro capítulo de “Crimes do Mosteiro”, um noviço grita, depois de ver uma foto do 112° papa morto: “Dom Final do abade! Veja isto. Será o mundo?”. De acordo com o escritor, se formos nos basear somente no profeta católico irlandês Malaquias, podemos ficar tranquilos. O Final dos Tempos só acontecerá no pontificado do 112°. Portanto, minha gente, vamos rezar para Bento 16 (que é o número 111) viver muito!

Nos vemos no fim do mundo! 

Publicado no jornal Imprensa Livre.